O mistério do ET de Roswel

Compartilhe!

Divulgação de slides de suposto alienígena que teria caído na Terra em 1947 desmistifica um dos maiores enigmas da ufologia: O mistério do ET de Roswel

Um dos maiores mistérios da ufologia, o caso de uma nave extraterrestre que teria caído na Terra, em 1947, próximo à cidade de Roswell, nos Estados Unidos, acaba de ganhar uma nova peça.

Em uma terça-feira , um grupo de ufologistas reunidos em um evento no Novo México divulgou a descoberta de slides que supostamente conteriam fotos do alienígena capturado pelo governo americano há quase setenta anos. Segundo os organizadores, as fotos teriam sido tiradas por Bernard A. Ray, um geólogo que trabalhava próximo a Roswell na década de 40, e foram encontradas dentro de um envelope no sótão da casa que pertencera a ele.

Um dos responsáveis pelo achado, o pesquisador Anthony Baraglia, chegou a declarar: “Esse humanóide não é uma pessoa deformada, uma múmia, um macaco ou um boneco”, disse. “Não é uma criatura natural da Terra”.

Logo após a revelação, no entanto, especialistas contestaram a descoberta por acreditar que as imagens retratam apenas uma múmia de uma criança romana ou egípcia, que pode ser encontrada em museus, ressaltando que o suposto alienígena parece estar em uma vitrine comumente usada em exposições.

“Quando vi a foto, imediatamente pensei se tratar de uma criança embalsamada”, disse Michael S. Heiser, professor de estudos bíblicos e do oriente antigo. “Mostrei a imagem para vários egiptólogos e todos concordaram. O suposto cadáver tem até uma cavidade na lateral, por onde os órgãos eram extraídos antes do embalsamento”, diz.

Outro fato chama a atenção. As fotos foram reveladas exatos vinte anos depois da maior farsa da ufologia, um vídeo publicado em 1995 que supostamente revelaria uma autópsia realizada por militares americanos no E.T. que caíra em Roswell e que, depois, foi confirmado como falso.

Fonte

No site UFO é possível ler um artigo bem completo do caso Roswel.

Compartilhe!

Tags:,

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *